Curso de Neurodesenvolvimento e Pedopsiquiatria Reúne Médicos e Psicólogos

12 Fevereiro 2012

Foram mais de 50 médicos, psicólogos e estudantes das áreas de saúde que participaram no I Curso de Neurodesenvolvimento e Pedopsiquiatria organizado pela Alumni Medicina no Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho. A iniciativa contou com a colaboração de vários especialistas e clínicos da área das Neurociências, da Neuropediatria e da Pedopsiquiatria, constituindo-se como uma importante ferramenta para orientar a prática clínica.

A Alumni Medicina organizou no passado Sábado, dia 11 de Fevereiro, um Curso de Neurodesenvolvimento e Pedopsiquiatria que contou com a presença de 50 médicos, psicólogos e estudantes da área da saúde. A conferência de abertura foi proferida pelo Professor Nuno Sousa, Director do Curso de Medicina e reconhecido médico e investigador na área das Neurociências. Ao longo de um dia, os formandos tiveram contacto com um painel de especialistas com vasta experiência clínica nas áreas abordadas, desde as primeiras fases do neurodesenvolvimento até às doenças da adolescência. Entre os temas abordados, destacam-se as Perturbações do Autismo, a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção, as Perturbações do Comportamento Alimentar e a Depressão e Suicídio na Adolescência.

Na sua intervenção sobre Depressão e Suicídio na Adolescência, a Dra. Otília Queirós relembrou as recomendações da OMS no sentido dos órgãos de comunicação social adoptarem uma postura activa de prevenção do suicídio, trabalhando em conjunto com os serviços de saúde e evitando a exposição sensacionalista desta situações.

A Alumni Medicina é uma associação sem fins lucrativos que reúne os médicos formados na Universidade do Minho e que tem procurado desenvolver, a par da promoção de actividades científicas e formativas, um programa de intervenção cultural e social inspirado na filosofia humanista que presidiu à criação do curso.