Na luta pela igualdade não há cartas fora do baralho

06 Março 2020

No próximo dia 8 de março, celebra-se o Dia Internacional da Mulher e a Alumni Medicina une-se à UMAR e ao Projeto CapacitArte para relembrar a luta pela igualdade de género. De forma a assinalar a data e a importância deste tema, a designer Marta Calejo ocupa o átrio da Escola de Medicina com a exposição “Construir a Igualdade de Género” – um olhar ilustrado e feminista sobre as hierarquias tradicionais.

A campanha gráfica composta por 14 elementos artísticos tem como objetivo desconstruir a hierarquia atribuída às personagens presentes num baralho de cartas. Segundo a designer, “olhando os baralhos de cartas a partir da lente feminista interseccional, rapidamente se constata que estes objetos obedecem a regras e processos rígidos de hierarquização das suas figuras – todas elas brancas- em que, não por acaso, a sua única figura feminina – a Rainha- está subalternizada ao seu correspondente masculino – o Rei.”.

Na procura de uma sociedade mais justa e igualitária é importante recordar o caminho que ainda falta percorrer. Este baralho introduz as diferenças que não nos distinguem, pelo contrário permitem-nos aproximar e construir uma sociedade igualitária para todos. Neste jogo de cartas, a Rainha vale tanto como o Rei.

A exposição estará patente no átrio da Escola de Medicina a partir desta sexta-feira, 6 de março.